quinta-feira, 10 de maio de 2018

Encontro com o escritor e psicólogo Nuno Baptista

Ao longo do dia de hoje, 10 de maio, decorreram as sessões programadas com o psicólogo Nuno Baptista. Três grupos de cerca de 55 alunos cada, tiveram o privilégio de participar num encontro onde se abordaram diferentes temáticas como a igualdade de género, a violência no namoro, a discriminação racial, discriminação social, comunidade Lésbica, Gay, Bissexual, Transgénero, o divórcio, o bullying e outros temas muito pertinentes. Mas fê-lo de uma forma muito dinâmica e divertida, numa interação constante com a assembleia. Procurou transmitir a ideia do respeito pela diferença. Com o slogan “Sejam diferentes, tratem-se como iguais” teve o mérito de estabelecer com os alunos ligações fortes e emocionalmente marcantes. Utilizou vídeos muito apelativos que fazem parte da Projeto Be Equal do qual é fundador.
No final utilizou uma dinâmica criativa partindo de figuras em origami que ia construindo e modificando ao longo do discurso que proferia. Uma folha amarrotada, uma casa, um chapéu, um barco, uma camisola, todas com grande significado e com uma mensagem tão bonita.
Antes de partir disse: “E agora quero um abraço de cada um de vocês” E todos os alunos de forma ordeira receberam um abraço tão caloroso e representativo.
Gostámos muito Nuno Baptista!
Uma iniciativa do GAAF em articulação com a biblioteca.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

ENCONTRO COM NUNO BAPTISTA

 Iremos receber na Ruy Belo, Nuno Baptista, escritor e psicólogo de profissão que irá abordar a temática da sexualidade juvenil e também apresentar o seu livro «O DIÁRIO DE UMA ABELHA NADA ASELHA» que aborda a temática da discriminação. ÀS 10h, 11.30h e 14.55h.
Uma iniciativa do GAAF em articulação com a biblioteca.

terça-feira, 8 de maio de 2018

SEMEAR PALAVRAS, COLHER POEMAS


Durante o mês de março celebrámos a leitura e o livro. Todos os dias da Semana da Leitura(19 a 23 de março) disponibilizámos um pequeno conto e com ele refletimos sobre a forma como gerimos os nossos afetos e como podemos melhorar, com vista ao nosso crescimento mais equilibrado como seres pensantes, inteligentes e sensíveis. Durante a Semana da Leitura as turmas do 3º e 2 ciclo, respeitando um calendário previamente elaborado, dirigiram-se à biblioteca com o propósito de ouvirem a leitura do conto e assistirem à curta metragem escolhida para o dia. Quando lemos, contamos, ou ouvimos contos em voz alta, estamos a repetir um ritual muito antigo que cumpriu um papel fundamental na história da nossa cultura.
Algumas turmas apresentaram o resultado das suas leituras autónomas e partilharam as suas opiniões sobre os livros lidos.
Participaram ainda na atividade: SEMEAR PALAVRAS- COLHER POEMAS. Partindo de um envelope que continha 5 palavras, os alunos foram convidados a escrever poemas que integrassem essas palavras. Foi escolhido um poema que representou a turma num mural na biblioteca. Os alunos foram convidados a prenderem flores nas grades do átrio da biblioteca para darem as boas vindas à Primavera. No final requisitaram livros para leitura domiciliária.
Agradecemos aos professores de português a boa colaboração e às auxiliares de ação educativa, D. Telma Sousa e D. Lena Baião a ajuda preciosa em toda a dinâmica e muito especialmente na elaboração das muitas flores que criamos.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

LEITURA RECREATIVA - PROJETO DE LEITURA - CMS

Os professores de português da Ruy Belo têm ao longo de vários anos desenvolvido a prática regular da leitura recreativa-autónoma. Cada aluno é convidado a selecionar um livro por período, da biblioteca ou não, e sobre ele elaborar um trabalho de análise reflexiva que apresenta aos colegas de turma. A biblioteca tem apoiado esta prática que integra hoje o Projeto de Leitura do agrupamento com novas variáveis. Todos estes professores acreditam que o sucesso dos seus alunos está diretamente relacionado com o desenvolvimento das competências de leitura. Quanto mais os estudantes lerem autonomamente, melhor será o seu desempenho, uma vez que proporciona o desenvolvimento da compreensão, do enriquecimento de vocabulário, maior conhecimento do mundo e saberes diversos. No primeiro e no segundo período as turmas do terceiro ciclo foram convidadas a partilhar essas leituras e essas análises na biblioteca. E foram momentos de grande enriquecimento. Os alunos e os seus professores empenharam-se verdadeiramente e foram eles que dinamizaram todas as sessões. Deixo uma palavra de grande reconhecimento pelo trabalho extraordinário dos professores de português da Ruy Belo, com quem tenho trabalhado diretamente ao longo destes anos. As professoras: Ana Raquel Rodrigues, Fátima Pereira, Guida Silva, Isabel Joaquim, Lara Cunha, Luísa Justino, Maria José Baptista do 3º ciclo e as professoras: Ana Sousa, Célia Cordeiro, Marcia Nogueira, Maria Bento, Sara Ferreira, Teresa Andrade, Teresa Carvalho, do 2ºciclo têm contribuído de forma inequívoca para o desenvolvimento das competências linguísticas dos nossos alunos. Têm sido recetivas a projetos e iniciativas desafiantes e trabalhosos, encontros com escritores, contadores de histórias, projetos vários, concursos de leitura e escrita, maratonas da poesia, semanas da leitura, visitas guiadas às bibliotecas municipais e muito mais. Porque acreditam envolvem-se, porque sabem que é pelos alunos e para o bem da escola. Que dizer? Tenho um imenso orgulho nestes professores, a quem faço hoje um pequeno elogio, mas também aos outros que trabalham na Ruy Belo. O vosso/nosso trabalho é muito bonito e valioso. Aqui ficam algumas imagens e um vídeo da apresentação da professora Guida Silva na atividade proposta pela biblioteca intitulada ”Os livros da Minha Vida". A escolha recaiu no livro "O Velho e o Mar".

MEMÓRIAS – SEMANA INTERNACIONAL DA NÃO-VIOLÊNCIA E DA PAZ NAS ESCOLAS

Mais uma vez assinalámos esta efeméride com o objetivo de chamar a atenção para a necessidade de uma educação permanente pela Não - Violência e pela Paz.
Em estreita colaboração com os professores de Oferta Complementar, com os professores de Português, educadores e professores titulares de turma, dedicámos a semana de 22 a 30 de janeiro ao desenvolvimento de atividades, em sala de aula e na biblioteca, de reflexão sobre o tema da violência e da Paz utilizando para isso propostas diversas: a leitura de contos, a visualização de curtas metragens e filmes e a realização de trabalhos plásticos e de expressão escrita.
Assim em Oferta Complementar, houve a exploração de um folheto e a visualização de vídeos que se disponibilizaram no blogue da biblioteca. Algumas turmas assistiram ao visionamento da mensagem do secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, que se encontrava no blogue e procedeu-se à assinatura do compromisso pela Paz.
Nas  aulas de Português e na biblioteca foi lido e analisado o conto, “OS DOIS LOBOS” e elaboradas frases para a construção do Mural “Gestos pela Paz na escola”.
Os agentes da Escola Segura, Agente Silveirinha e Agente Fragoso estiveram connosco, ao longo da semana, na dinamização de sessões de sensibilização ao tema do Bullying e alertaram os nossos alunos para os diferentes tipos de violência e para os sinais para os quais devemos estar atentos. Deixamos o nosso agradecimento à Escola Segura e ao   IAC que connosco colaboraram na implementação desta semana.
Aqui ficam algumas imagens.

domingo, 6 de maio de 2018

Projeto de Leitura - sessão 4


Já no final de outubro recebemos novamente todas as turmas do 2ºciclo para dinamizarmos um conto e proporcionarmos todas as condições para a requisição de livros para leitura autónoma. Foi lido o conto “A velha, muito velha, muito feia, muito má” - conto tradicional para os 5ºanos e um conto oriental, “A Semente” para 6º e 7ºanos. Posteriormente os alunos criaram, a pares, a “História mais Rápida do Mundo” partindo de palavras que se encontravam dentro de gavetas de um miniarmário e que os alunos à vez abriram. Por gestos tentaram que o grupo adivinhasse as palavras escondidas. Depois de decifrarem as três palavras, iniciavam a composição do texto. Ao fim de cinco minutos era proposta uma nova palavra, aos grupos, tendo estes que a encaixar na história. Depois de concluída foi apresentada ao grupo. Preparou-se ainda a carta informativa sobre o Projeto para enviar aos EE, na forma de um rolinho de papel preso com um laço azul. No final os alunos requisitaram livros. 

Projeto de Promoção de Leitura -Apresentação do conto “O Cuquedo” e a “Princesa de Aljustrel” – 1ºciclo

Pelo segundo ano consecutivo, encontramo-nos a desenvolver o Projeto de Leitura, intitulado “Ler para Descodificar o mundo”, projeto de intervenção na área da literacia da leitura que contempla atividades de leitura regular na biblioteca. Este ano também as turmas do primeiro ciclo fazem parte do projeto. Regularmente as turmas deslocam-se à biblioteca e participam em atividades diversificadas que têm como objetivos centrais, posicionar o livro no quotidiano dos alunos e promover hábitos regulares de contato com o livro e a leitura. 
Este projeto financiado pela Câmara Municipal de Sintra contempla atividades de leitura regular e requisição de livros para leitura autónoma em casa. Acreditamos que a aquisição plena da competência da leitura não exige apenas a aprendizagem da descodificação do texto. Para se atingirem patamares superiores de compreensão, é indispensável “uma prática constante na sala de aula, na biblioteca, em casa, durante vários anos. Quem lê adquire cultura, escreve melhor, amplia o vocabulário e tem melhor desempenho escolar.” (in PNL – Plano Nacional de Leitura, 2007) 
A capacidade de ler desenvolve-se desde o primeiro ano de vida e deve ser treinada com a ajuda da família. Os pais, avós, tios desempenham um papel importante se lerem em voz alta e se ajudarem os seus filhos a gostar de livros. O sucesso dos jovens não depende apenas da ação da escola. 
Pretende-se com este projeto unir esforços, num trabalho colaborativo, mobilizando as bibliotecas escolares e municipais, os docentes do agrupamento, os órgãos de gestão da escola, as famílias, Centros Lúdicos, a Junta de Freguesia e a Câmara de Sintra num trabalho continuado de promoção da leitura com vista ao desenvolvimento da competência da leitura e do prazer de ler, tendo por base as linhas orientadores do Plano de Melhorias das Bibliotecas. 
Partilhamos algumas imagens da apresentação dos contos, “O Cuquedo” e a “A Princesa de Aljustrel” e da elaboração de trabalhos que tiveram como ponto de partida o conto. Agradecemos às educadoras às professoras titulares do 1ºciclo, todo o envolvimento e a forma empenhada como têm apoiado este projeto.

sábado, 5 de maio de 2018

Projeto de Promoção de Leitura – Apresentação do conto “A Princesa de Aljustrel

Pelo segundo ano consecutivo, encontramo-nos a desenvolver o Projeto de Leitura, intitulado “Ler  para Descodificar o mundo”, projeto de intervenção na área da literacia da leitura que contempla atividades de leitura regular na biblioteca. Este ano também as turmas do primeiro ciclo fazem parte do projeto. Regularmente as turmas deslocam-se à biblioteca e participam em atividades diversificadas que têm como objetivos centrais, posicionar o livro no quotidiano dos alunos e promover hábitos regulares de contato com o livro e a leitura.  
Este projeto financiado pela Câmara Municipal de Sintra contempla atividades de leitura regular e requisição de livros para leitura autónoma em casa. Acreditamos que a aquisição plena da competência da leitura não exige apenas a aprendizagem da descodificação do texto. Para se atingirem patamares superiores de compreensão, é indispensável “uma prática constante na sala de aula, na biblioteca, em casa, durante vários anos. Quem lê adquire cultura, escreve melhor, amplia o vocabulário e tem melhor desempenho escolar.”  (in PNL – Plano Nacional de Leitura, 2007)
A capacidade de ler desenvolve-se desde o primeiro ano de vida e deve ser treinada com a ajuda da família. Os pais, avós, tios desempenham um papel importante se lerem em voz alta, revistas, jornais, excertos de livros e se ajudarem os seus filhos a gostar de livros. O sucesso dos jovens não depende apenas da ação da escola.
Pretende-se com este projeto unir esforços, num trabalho colaborativo, mobilizando as bibliotecas escolares e municipais, os docentes do agrupamento, os órgãos de gestão da escola, as famílias, Centros Lúdicos, a Junta de Freguesia e a Câmara de Sintra num trabalho continuado de promoção da leitura com vista ao desenvolvimento da competência da leitura e do prazer de ler, tendo por base as linhas orientadores do Plano de Melhorias das Bibliotecas.
Partilhamos algumas imagens da apresentação do conto “A Princesa de Aljustrel” e da construção de lengalengas com os alunos do 2ºciclo. Agradecemos às professoras de português:  Ana Sousa, Sara Ferreira, Teresa Carvalho, Márcia Félix, Maria Bento, Célia Cordeiro do 2ºciclo e também às professoras do 3ºciclo Fátima Pereira, Isabel Joaquim, Guida Silva, Maria José Baptista, Ana Rodrigues, Luísa Justino e Lara Cunha, todo o envolvimento e a forma empenhada como têm apoiado este projeto.

Memórias de Março – Encontro com Miguel Boim


Tivemos, mais uma vez, o privilégio de receber na Ruy Belo, Miguel Boim, investigador da história local da Serra de Sintra. Com o pseudónimo de Caminheiro de Sintra veio dar-nos a conhecer o seu trabalho e alguns mistérios e lendas da história local da Serra de Sintra. Já conhecíamos o seu poder de nos envolver e de nos levar com ele pelos caminhos de Sintra, pelas lendas, contos, histórias e bichos que habitam os recantos desse lugar fantástico e misterioso, e mais uma vez deixámo-nos ir numa viagem tranquila, embalados pelo ritmo cadenciado da sua voz. Obrigada Miguel Boim. Agradecemos igualmente aos alunos do nono ano, especialmente à Matilde Guerreiro ao Vítor que nos proporcionaram um apontamento poético no início da sessão. Não podemos esquecer e agradecer a colaboração e o apoio da Professora Fátima Pereira.
Este encontro resultou de uma parceria com a Divisão de Educação da Câmara Municipal de Sintra na pessoa da Drª Raquel Camacho que também esteve presente e a quem muito agradecemos. Se quiserem ficar a conhecer melhor o Caminheiro de Sintra entrem aqui: https://www.miguelboim.com/ e marquem uma visita guiada por Sintra.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Memórias de março..Projeto de Educação para a Saúde - PES

Em março assinalámos o Dia Mundial da Árvore, da Poesia, o início da Primavera e quisemos celebrar a vida, o respeito pelo nosso corpo e pela nossa saúde. Recebemos os técnicos e farmacêuticos da Farmácia Portela que vieram dinamizar três sessões relacionadas com a importância dos medicamentos e a sua utilização consciente e responsável. A dinamização esteve a cargo do PES na pessoa da Professora Fátima Ramos em colaboração com a biblioteca.. Foram distribuídas amostras aos alunos. Aqui ficam algumas imagens.
 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...