quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

As cinco linguagens do amor de Gary Chapman por Joslaine Andrade

Vou contar-te o tal segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos…
- Os homens já se esqueceram desta verdade – disse a raposa. – Mas tu não te deves esquecer dela. Ficas responsável para todo o sempre por aquilo que está preso a ti. Tu és responsável pela tua rosa… (Principezinho, cap. XXI)
Um encontro maravilhoso, envolvente e esclarecedor.
Decorreu hoje o 12ºencontro de pais à conversa sob o tema “O PODER DOS AFETOS NA FAMÍLIA”. Nos últimos anos temos tentado promover regularmente encontros com pais. Acreditamos que faz parte da nossa missão como escola tornar os nossos pais mais informados e esclarecidos acerca de questões que consideramos importantes. Num ambiente que se pretende descontraído e informal procuramos criar momentos que possibilitem uma reflexão conjunta e uma interação entre os pais e os especialistas que convidamos, nas mais diversas áreas de interesse. São encontros, por vezes bastante participados, outras vezes menos, como foi o caso deste.
No âmbito das atividades da Semana da Paz e da Não violência na escola pareceu-nos importante refletir acerca da amabilidade e dos afetos na família. Ajudar os pais a identificarem e a promoverem ações de proximidade com os filhos criando “elos e não duelos”.
Segundo a Revista Social Science & Medicine: "Crianças que crescem num ambiente familiar afetivo são mais bem-sucedidas no futuro. O carinho tem papel fundamental na vida de um filho e pode determinar se ele se tornará um adulto bem-sucedido no futuro” podendo mesmo prevenir comportamentos antissociais e disruptivos.
Abordou-se o tema da família que é sempre um “lugar de imperfeição, um lugar de crise, onde nos encontramos e nos afastamos. É um lugar de construção diária. Um lugar fundamental, um alicerce para a construção da vida” (Tolentino Mendonça)
Depois a professora Joslaine Andrade apresentou de uma forma impactante e motivadora as cinco linguagens do amor de Gary Chapman. E fê-lo com tal dinamismo, convicção e verdade que cativou todos os presentes. Com uma capacidade de argumentação invulgar e utilizando exemplos e imagens da realidade familiar que conhece bem foi direcionando o nosso olhar para a mudança necessária de paradigma. “Tudo muda quando tu mudas”.
Indicando soluções e estratégias para os desafios com que se deparam os pais no dia a dia procurou consciencializar os pais para as possibilidades destas cinco ferramentas. Existem 5 linguagens do amor, 5 formas como as pessoas se sentem amadas e expressam o seu amor: 1. Palavras de afirmação-palavras positivas/2.Qualidade de tempo- que dedicamos aos outros /3. Presentes e dádivas/4. Gestos de serviço e de ajuda/5. Toque físico de afeto.
Procuremos construir nas nossas famílias lugares de afetos, onde o amor e o carinho representem os pilares da nossa casa, pois como o Principezinho, nós adultos somos responsáveis pelas nossas rosas.
Uma palavra de gratidão e de sincero agradecimento à professora Joslaine pela sua interessante palestra.
Agradecemos igualmente a participação do Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação do agrupamento – NAPARB e de quatro membros deste núcleo que também estiveram presentes no encontro. Uma palavra de apreço pela presença dos seguintes professores, Ana Sousa, Sandra Gant, Ana Candeias, Luísa de Jesus, Isabel Talefe e da Assistente Social Raquel Leal. A vossa presença e apoio foi fundamental.
Um palavra final aos alunos do PCA7ºano e à professora Cristina Vigário que generosamente confecionaram uma bola de carne para o lanchinho final que encerrou o evento. Uma delícia!
E não podemos deixar de mencionar a D. Maria Luis Frutuoso e a D. Perpétua que tornaram possível este encontro. Obrigada!

Sem comentários:

Publicar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...